A Comunicação e o Mito de Odin


O tanto q a humanidade já evoluiu não pode ser mensurado, mas podemos realinhar nossos conhecimentos para apreendermos mais... Vejamos, por exemplo, o q podemos apreender para as comunicações com um antigo mito nórdico... O Mito do Deus ODIN...

O q dizem é q no princípio, Odin era um homem... claro q não era um homem comum... ele era um xamã nórdico... portanto, visualizemos a figura: "homem branco, com barba e cabelos compridos e loiros, usando uma espécie de túnica feita de pele de animais, meio acinzentado, um capuz, afinal, faz muito frio na antiga Noruega, seus olhos são claros e profundos. Ele possui um cajado para servir de apoio ao caminhar entre colinas e para se comunicar com outros mundos. Tbm possui uma lança pouco maior q ele para caçar e se proteger dos animais nas noites escuras e sombrias do Nothumbria. Ao redor de sua cintura há um cinto feito de corda natural onde estão pendurados alguns sacos de pele onde armazena raízes, pedras, ervas, dentes e ossos de animais... Toda essa indumentária lhe serve para se comunicar com os espíritos da natureza, com os deuses e com os gigantes, elfos e anões, e toda a estirpe de figuras míticas desses povos guerreiros do norte da Europa.

Na eterna busca pela sabedoria, Odin, nosso bravo herói dessa noite, conversava com as pedras tentando entender seus símbolos antigos, os quais, a não ser em transe, não entendia absolutamente nada. Mas sabia de algumas informações importantes, como... Q esses símbolos antigos eram chamados de Runas, q significa algo oculto e misterioso... Sabia tbm q o destino de todas as coisas eram escritos com runas pelas três deusas tecelãs, Urdh, Verdandhi e Skuldh, e q elas moravam numa antiga árvore cujas raízes sustentavam todos os mundos, visíveis e invisíveis, mundos dos humanos, dos anões, dos deuses e dos gigantes, e q existiam desde sempre... desde a eternidade. Tbm sabia q as Nornes eram muito respeitadas por todos os deuses.

Sabendo disso e, entendendo q as runas seriam uma forma poderosa de compreender os mistérios da vida, Odin estava disposto a desvendar seus mistérios ocultos e foi ter em presença com as Nornes em sua morada, a Iggdrasil... Posto a prova pelas Tecelãs, sobre o q seria capaz de fazer para obter tal conhecimento velado por toda a existência, Odin se pendurou pelo pé direito num dos galhos da Iggdrasil e com sua lança, atravessou o próprio coração, ficando ali por nove dias e nove noites, qdo, acho eu q espantadas as Nornes com tamanha bravura do rapaz, elas deram de presente ao moribundo o conhecimento dos significados das runas... Qdo Odin as avistou em seu coma ébrio, agarrou-as com as mãos e despencou da árvore...

De poder dos significado das runas, Odin passou a ser o Senhor das Runas. E por ter se auto imolado, tornou-se o Senhor da Morte, aquele capaz de vencer o medo e renascer em vitória...

OK!
A história não termina aqui e qro q fique claro aos curiosos, q logo contarei o restante do mito... Por agora acho interessante notarmos algumas particularidades desse mito e q podem muito nos auxiliar a entender a Comunicação...

Odin foi, com toda certeza, um grande comunicador. Ele se comunicava com todas as formas de criaturas, viventes ou "não". Falava com as pedras, com os animais, com o céu, com a terra, enfim, era um grande falastrão! Porém, o q o faz ser diferente em sua trajetória é a tal da busca pela sabedoria... E o q pode ser essa sabedoria senão o desenvolvimento do conhecimento através da cognição e da percepção dos sentidos? Saber algo é mais q conhecer algo... posso conhecer as formas de distribuição de renda na sociedade moderna mas saber como ela se desenrola e se transforma pelos interesses do capital... ah, pelo menos pra mim, isso é muito diferente!!! O saber pode ir além da mera visualização para a relação de contato entre o observador e o observado... Difícil? Não... Se vc é capaz de ouvir uma música e compreender o q ela representa para o momento estético q foi criada, vc "sabe" sobre a música, e não simplesmente a ouve e balança com seu ritmo... Se vc é capaz de olhar um mendigo na rua, no escuro, no frio e compadecer-se de sua situação, vc está criando conexão com sua história e, através da empatia, está sentindo em sua pele a dor de ser transgressor das regras sociais, vc estará, sim, "sabendo" o q se passa... Se vc não sabe, isso tbm não é o fim do mundo, vc conhece a música, dança com ela, se diverte e sai da balada e vê na calçada um mendigo dormindo e vai pra sua casa quentinha dormir pensando q sua tevê está quebrada e como vc vai poder assistir a novela sem ela? Nada de errado, só distante da Sabedoria!

Os homens sempre buscaram sabedoria, existem muitos mitos sobre ela, e muitos deuses e deusas q representam a sabedoria... Os filósofos, a sua maneira, fazem sua parte, racionalizando o conhecimento científico, esmiuçando parte por parte esse conhecimento em busca da sabedoria dele... Os místicos, com uma visão mais holística da coisa, tentam juntar informações suficientes para dar seu aval sobre determinados assuntos, o q muitas vezes parece se tornar uma “viagem”, torna-se, para muitos, crenças de uma realidade um pouco mais subjetiva q a dos filósofos... No fim de tudo está a sabedoria, dada pela trajetória nos caminhos do conhecimento, q só é possível com o surgimento das diversas formas de comunicação humana...
Seja na comunicação de tradição oral, seja na da escrita, a comunicação surge como uma forma de expressar próprias dos seres humanos... podemos falar de comunicação animal?.. Sim, podemos... até por que, tudo o q existe se comunica, seja um animal ou um objeto inanimado... se comunica não só pela boca, mas tbm pelo corpo gestual, pela vestimenta, pela pele, pelas cores, pela textura, pelo som, pelo movimento... etc... etc... etc...

O tempo todo há comunicação... Odin se comunicava com tudo. Na sua tradição oral xamânica, tudo possui espírito, tudo se comunica numa forma especial de consciência... Odin buscava entender essas formas singulares de comunicação entre mundos animados e inanimados, e por isso tornou-se o grande instrutor nórdico, aquele q trouxe aos seres humanos a comunicação pela escrita rúnica, aquele q atravessou os mundos de Iggdrasil para contemplar a possibilidade da sabedoria e poder passá-la para todos... mas para consegui-la necessitou de uma troca, o dar e o receber, tão conhecidos pelos nossos comunicólogos.. tão almejado feedback...

OK...
Por hoje tá bom...

8 comentários:

Rayto de Lua disse...

Olá! O post está divino! Vou recomendar às minhas alunas... e postar o link no multi ok?
Beijos da Li.

Volúpia disse...

Olha só rapha em seu momento de cultura!!
Não conhecia Odin!!!
Estou mais inteligente agora!!!

Freya disse...

Uau, me fez lembrar das aulas... que saudade...
bjus

Marcinha Luna disse...

Quando mito e realidade se misturam, sinto mais do que nunca, vontade de voar, realizar magias,filosofar...conhecer aprender e comunicar, verbos mais importantes do viver!
bjs para vc, lindo seu blog!
paz,luz e harmonia!

Raphael Ansuz disse...

Depois de muito tempo sem escrever e sem olhar para este post, posso perceber suas particularidades e interpretá-las para meu momento..
O q desejo? Voltar à escrever...

Queira Odin q eu possa!!!

Anônimo disse...

merdaaaaaaaaaa

Anônimo disse...

13h 13

O Pensador disse...

tem Fonte?

o texto é embasado em quais autores?

Postar um comentário